You are here

TCC de Marketing Comportamento do Consumidor no Mercado Imobiliário

Com frequência fala-se no comportamento do consumidor na compra de imóveis com afirmações tais como “agora é tudo online”, “Jornal não dá mais resultado”, “investe em Portais imobiliários que dá resultado” …  todavia essas informações raramente são munidas com um estudo cientifico, e  pesquisa qualitativa das cognições das mulheres em comparação as dos homem  na hora da compra.
Essa carência de informações foi sanada pelo graduando em Administração pela Ulbra Canoas, Agora Graduado,  Marcos Paim Maciel, em seu TCC orientado pelo professor Jéferson Luis Lima Cunha, trabalho que levou nota 10 junto a Banca.

Marcos Paim Maciel foto TCC
Marcos Paim Maciel  24 de Maio de 2017 – Palestra sobre seu TCC. Ulbra Canoas.

Dado o devido crédito,  agora vamos degustar as informações geradas nessa pesquisa sobre o comportamento de interessados em compra de imóveis.  Com comentários de Daniel Sant’ anna, Diretor da Sobressai Sites para Imobiliárias.

Amostragem da pesquisa 

A pesquisa foi direcionada apenas para pessoas que tem intenção de comprar imóveis,  e foi descartados todos que o prazo seja maior que 5 anos.

 

amostragem pesquisa
Pesquisa Consumidor de Imóveis

 

91% da pesquisa é da Geração Y, e Geração Z.

A pesquisa conseguiu atingir em sua maioria esmagadora  pessoas de 24 a 35 anos, logo essa pesquisa nos revelará detalhes melhor dos novos comportamentos do consumidor, dessas geração que inaugurou e perpetuou o uso em massa da tecnologia.

Faixa etária de compra consumidor de imóveis
Fonte Pesquisa TCC

63,9% dos que responderam são mulheres.

distribuicao-masculino-feminino

 

44% dos que querem comprar, tem renda menor ou igual a 1.500,00

Esse dados em certa parte preocupa, pois uma pessoa com renda tão baixa assim, não consegue comprar a menos que junte renda com outros interessados ..

renda media minha casa minha vida

 

48,73% moram em Canoas e Porto Alegre

cidades

 

Motivador na Compra de Imóvel

motivador-da-compra

59,39% aponta que ainda não possuem recursos suficientes.

porque-nao-comprou

 

 

 

Deixe uma resposta

Top